Cantora feita com holograma é sucesso no Japão

De onde mais uma notícia como esta poderia vir? Claro que é coisa do Japão.

A cantora se chama Hatsune Miku e ela não existe. Como assim? Ela é um holograma 3D. Se formos comparar, seria uma versão oriental e 3D do Gorillaz, a mais famosa banda virtual do mundo. Hatsune tem toda a performance igual a uma cantora real, só que sem contar os barracos e polêmicas, não é Gaga?

A empresa responsável pelo holograma foi a Crypton Future Media, que utiliza o software Vocaloid para criar músicas e os gestos programados de Hatsune.
Pior que eu achei as músicas legaizinhas. Já vi algumas vezes!
Só precisa engrossar um pouquinho essas pernas, eim! ;)
Mais vídeos no post completo.

Ao vivo, cantora Vanusa paga mico novamente

Em 2009, Vanusa pagou um dos maiores micos ao cantar uma versão própria do Hino Nacional em plena Assembleia Legislativa de São Paulo. Em 2010, ela ataca novamente, agora mixando e misturando músicas a seu gosto.

Desta vez, o “mico-louro” aconteceu na celebração em homenagem ao Dia dos Pais, em Manaus, no último dia 6 de agosto. Ao tentar interpretar a música “Sonhos de um palhaço“, Vanusa esqueceu-se completamente da letra. Pior, ficou embromando alguns “lá lá lá lá”, como se estivesse no “Qual é a Música?“, programa do SBT.

Mas como vergonha alheia pouca é bobagem, ao tentar consertar o erro, a cantora acabou emendando na canção “Como vai você”, com uma afinação um tanto quanto particular. Para homenagear a Vanusa, também esqueci o que iria escrever, então este texto termina por aqui mesmo!

“Mamãe, tô na Grobo!”