Deputados em campanha mentem para garantir salário

Papo sério, galera. Não sou muito politizado, acho que todo mundo que tenta dar lição de moral em relação às eleições se torna um saco, mas tem certas coisas que a gente não pode deixar de comentar. Não sei se alguns de vocês têm paciência para ler tudo que é escrito aqui, muito provavelmente não, mas diante de certos acontecimentos não consigo me manter em silêncio, leiam vocês ou não. A história é longa, então não esperem uma pílula de sabedoria. Não quero deixar este post com tom de política, muito menos de matéria de jornal, por isso me esforço para escrever na linguagem que a gente tá acostumado a ler.

A notícia que deu start neste post não foi nem a primeira a ser publicada, foi a última, vocês vão entender já. No dia 27 de setembro deste ano, o popularesco jornal carioca “Extra” estampava a seguinte manchete:

Deputados em campanha mentem para garantir salário de R$ 13 mil

Infelizmente já nos acostumamos a ler este tipo de notícia vergonhosa quando o assunto é política, mas desta vez, o fato tomou proporções maiores, chegando a envolver violência e censura por parte de alguns “representantes” do povo.

Sinceramente, eu não tenho vocação nenhuma pra jovem politizado, acho chato pra caceta aquele povo, geralmente de esquerda, que adora arrumar confusão reivindicar por qualquer coisa, invocando sempre as palavras de um velho barbudo ou de um guerrilheiro capitalista (Ui!). Deixemos estas diferenças políticas de lado. O carnaval todo aconteceu porque alguns infelizes resolveram atravancar a veiculação do jornal e, por tabela, das notícias que queimariam bonitamente o seu filme. Acabou que os imbecis se ferraram em dobro, além de não conseguirem impedir a distribuição do Extra, ainda jogaram merda no ventilador, causando aquele cheiro que chama atenção. Não deu outra, o que poderia ser só mais uma notícia ruim na ficha de um político oportunista acabou se tornando caso de polícia, gerando mais interesse público.

Um grupo de homens, entre eles alguns armados, comprou cerca de 30 mil exemplares antecipadamente no centro de distribuição de Belford Roxo, impedindo que os jornais chegassem aos leitores. Fonte: Extra

Foi esta ação que me chamou atenção. Pasmem! Além de estarem fazendo merda, faltando as sessões da Assembléia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro – Alerj -, as antas ainda querem impedir a circulação do jornal. É demais pra moi. Chamem de bandidagem, corrupção, safadeza, putaria, pilantragem, o que for. Eles merecem tudo isso e muito mais. Ainda bem que temos onde nos expressar, seja na Internet, televisão, jornais e outros meios de comunicação, nossa voz não se cala facilmente.

Você já viu alguma criança levar falta no colégio e tentar roubar a pauta da professora? Ameaçar a direção do colégio para não liberarem as informações? Tentar cegar a mãe, para que ela não possa ler o boletim? Foi mais ou menos a idiotice que estes homens de terno e gravata tentaram fazer.

Este texto não tem a mínima pretensão de atacar qualquer candidato, longe disso, só queremos alertar quanto aos desmandos e atos incoerentes ao exercício da política,  não fazemos campanha, não pedimos voto pra ninguém e nem queremos ser formadores de opinião no tocante ao pleito eleitoral.

Porém, quando para termos acesso à informação se faz necessário este tipo de manobra, algo – ou alguém – está errado:

Polícia monta operação de guerra e Extra chega às mãos dos leitores da Baixada Fluminense nesta segunda-feira

Já sei, ficou curioso pra saber os candidatos envolvidos na notícia? Ei-los aqui, em letras GRIFADAS, pois este site é livre, assim como todo órgão de comunicação o deveria ser:

A reportagem relacionada à manchete denunciou que os candidatos Marcelo Simão (PHS), Rodrigo Neves (PT) e Alessandro Calazans (PMN), todos deputados, faltaram a sessões da Alerj e inventaram compromissos para ter as faltas abonadas e garantir o salário integral de R$ 13 mil. Marcelo Simão é candidato a prefeito em São João de Meriti; Rodrigo Neves, em Niterói; e Alessandro Calazans, em Nilópolis.Fonte: Extra

Reblog this post [with Zemanta]
Related Posts with Thumbnails

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.